Viajando até o coração da Toscana

Viajando até o coração da Toscana

AndreaDicas de ViagemComentar

A região da Toscana conquista cada vez mais turistas interessados em degustar os melhores vinhos do mundo e saborear pratos típicos deliciosos da Itália, enquanto conhecem uma das regiões mais belas do país.  

Localizada entre a porção oeste e central da Itália, Toscana é protagonista quando o assunto é turismo internacional pela Europa.

Prepare-se para vislumbrar paisagens belíssimas, que se estendem desde a Cordilheira dos Apeninos até o litoral, banhado pelo Mar Tirreno e Mar Lígura.  

Muito procurado por casais apaixonados que estão afim de curtir o clima romântico da região, o lugar é considerado um dos melhores destinos de Lua de Mel da atualidade.   

Mas engana-se quem pensa que o lugar oferece atrações apenas para os recém casados.

Toscana0

Não podemos nos esquecer que Toscana também é o berço de emblemáticos pontos turísticos, como a Torre de Pisa, que anualmente atrai inúmeras famílias e mochileiros curiosos, que tentam decifrar como essa construção se mantém em pé, mesmo inclinando-se 1,2 milímetros para o sudoeste todos os anos desde o século XV.

Ao todo, são 10 províncias que o turista pode conhecer ao viajar para Toscana: Florença, considerada a capital regional, ideal para os amantes da cultura; Val d’Orcia ou Arezzo, para quem quer descansar e tomar ótimos vinhos; Cortona ou Chiusi, para os amantes do mar e da natureza; Pisa para conhecer atrações consideradas patrimônio histórico e cultural da UNESCO; Massa ou Lucca, para quem gosta do litoral e noites agitadas; San Gimignano ou Siena para viajar no tempo ao passar entre suas construções medievais.

Quando ir?   

A alta temporada acontece entre Junho e Setembro, Natal e Reveillon. Neste período, tente reservar tudo com antecedência para evitar imprevistos.    

Toscana2

De Novembro a Março, é a época que Toscana recebe bem menos turistas. Nos meses de Abril, Maio e Outubro o fluxo turístico volta a aumentar, mas não o suficiente para encher os restaurantes e atrações da região.  

Como as estações do ano são bem definidas o destino consegue agradar turistas de todas as idades, de qualquer parte do mundo, seja qual for a data.   

Como chegar?   

Pegue um voo internacional até o Aeroporto Galileo Galilei em Pisa, ou até o Aeroporto Amerigo Vespucci, em Florença.   

É comum que alguns turistas ao chegarem em Toscana, optem por alugar carros para explorar as atrações turísticas com mais calma e privacidade.  

Se preferir, o viajante também pode aproveitar para conhecer outras regiões com uma simples viagem de trem, já que por toda Europa, esse é um dos meios de transporte mais corriqueiras.     

Toscana

O que comer?  

Não deixe de degustar vinhos enquanto se delicia com um enorme pedaço de Queijo Pecorino!   

Aproveite também para saborear as comidas típicas da Itália, mas separe um tempo para comer os melhores pratos de Toscana! Como o Pappa Al Pomodoro, receita que mistura pedaços de pão imersos em um delicioso molho de tomate!

Você sabia?  

A Torre de Pisa é um campanário da Catedral da cidade italiana de Pisa. A atração se tornou famosa por ser uma torre torta, já que foi construída em um terreno de argila e areia, que deixam o solo irregular. A atração atrai muitos turistas curiosos para Toscana todos os anos.

Pisa-Toscana

Destacamos duas regiões da Toscana para você conhecer um pouco mais:   

Conheça mais sobre as Ruas de Florença  

A capital da Toscana é Florença, a cidade mais rica em monumentos, acontecimentos históricos e diversidade cultural da região.   

Por lá, o turista pode comer muito bem e conhecer os vinhedos onde alguns dos melhores vinhos da Itália são preparados.  

Os turistas que decidem fazer a Rota dos Vinhos não degustam apenas a bebida, como também podem vislumbrar construções etruscas em meio a paisagens bucólicas.

Além disso, por lá também encontrará muitas construções impressionantes, que formam o cenário perfeito para assistir um pôr-do-sol!

Como a Ponte Vecchio, que tem vista maravilhosa, ideal para tirar fotos incríveis de recordação!

Outro ponto indispensável no roteiro em Florença é o Duomo, a Catedral da cidade; as portas esculpidas em bronze do Batistério e a Galleria Degli Uffizi, um dos maiores acervos de obras renascentistas da Itália.   

A Portofino busca reservar acomodações que estejam no centro da cidade, para que o turista possa aproveitar o melhor que Toscana tem a oferecer aos seus visitantes, de maneira rápida e eficiente!  

Para hospedagem em Florença, indicamos para hospedagem em relação ao custo benefício o Hotel Corona D’Italia, em questões de modernidade o Room Mate Isabella, e para quem não dispensa um local excelente e clássico, sugerimos o Hotel de La Ville.    

Siena: outro tesouro escondido de Toscana  

Outra cidade que também atrai bastante turistas é a cidade medieval de Siena, segunda maior região metropolitana de Toscana.   

As paisagens de lá são harmoniosas, já que este destino internacional não sofreu grandes alterações em sua arquitetura desde a Idade Média.

A Praça del Campo, em formato típico de concha, é considerada o símbolo da cidade. Ao seu redor, os visitantes também podem conhecer o Palácio Público, atual sede do governo, e a grandiosa Torre del Mangia,  

Siena-Cathedral-Duomo-di-siena-Toscana

Outra construção belíssima de Siane, digno de várias selfies, é o Duomo di Siena. Sua fachada inteira é feita em mármore colorido, cheio de detalhes e mosaicos interessantíssimos.  

Após visitar o Museu dell’Opera Metropolitana, o turista pode apreciar a vista da região do alto do Facciatone, uma fachada inacabada da expansão do Duomo di Siena, que proporciona uma visão privilegiada do destino.   

Viajar para Siena é voltar ao tempo ao se deslumbrar com a conservação das construções mais antigas do centro da cidade, tanto que foi listada como Patrimônio Mundial pela UNESCO.   

Para hospedagem em Siena, indicamos em relação à custo-benefício o Hotel Sangallo Park, de arquitetura clássica o Hotel Athena, e para o turista que ama experiências o Relais Chateaux Borgo San Pietro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *